terça-feira, 23 de maio de 2017

ÔNIBUS ESCOLAR CAPOTA COM MAIS DE 45 CRIANÇAS EM SÃO JOSÉ DE RIBAMAR


Um ônibus escolar capotou no final da tarde de ontem (22), com aproximadamente 45 crianças, nas proximidades de Bom Jardim, na Zona Rural de São José de Ribamar.
O ônibus escolar, que foi contratado sem licitação pela Prefeitura de São José de Ribamar saiu da pista, próximo a uma curva por motivos a serem investigados.
Testemunhas afirmam que o freio do ônibus já vinha falhando há algum tempo, e os pneus estavam totalmente carecas.
O desespero tomou conta dos bairros adjacentes, e os pais das crianças estavam revoltados, pois já previam que o fato aconteceria, devido as péssimas condições do veículo. “Só permitia que meu filho entrasse naquele ônibus, porque é a única forma dele chegar na escola, mas as péssimas condições já avisava que a qualquer hora isso poderia acontecer, um descaso”, afirmou uma mãe de aluno.
“Foi desesperador, achamos que íamos todos morrer, o ônibus vinha lotado com muita criança em pé e só ouvimos o freio e a zuada caindo no mato. De agora em diante, prefiro ir pra escola andando do que entrar num ônibus da prefeitura”, declarou uma estudante, ainda nervosa e ferida.
Muitas crianças ficaram feridas e foram socorridas por veículos que passaram pelo local.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

CANDIDATOS DE CONCURSO DA PM-PI SAO DETIDOS SOB SUSPEITA DE FRAUDE


Nove candidatos que realizavam prova do concurso da Polícia Militar do Piauí foram encaminhados para a Delegacia do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) na manhã deste domingo (21), por terem sido flagrados praticando atitudes que estavam expressamente proibidas no edital do certame. A informação foi repassada pelo coronel Carlos Augusto Gomes de Souza, comandante-geral da PM-PI. 

O comandante confirmou que alguns dos candidatos foram flagrados com papéis em que seriam gabaritos da prova. Porém, o coronel ressaltou que ainda é cedo para afirmar que houve fraude. "Ainda estão conferindo se as respostas encontradas com os candidatos correspondem, de fato, ao gabarito oficial. Isso será apurado pela Greco", afirmou o coronel.

Caso se confirme que os papéis encontrados com os candidatos detidos realmente continham as respostas oficiais da prova, a investigação deverá ser aprofundada pela Polícia Civil para que se apure se houve vazamento do gabarito, quem foram os responsáveis e como conseguiram as respostas.

Ao todo, o certame teve 32.010 candidatos inscritos que estão concorrendo às 400 vagas distribuídas por batalhões de todo o Piauí.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

OS PAISES ONDE MAIS SE BEBE NO MUNDO


Os britânicos estão entre os maiores bebedores do mundo, de acordo com novos dados.
Segundo a Organização Mundial da Saúde, o nível de consumo de álcool no mundo, em 2016, chegou a 6.4 litros de álcool puro para cada pessoa com 15 anos ou mais.
Mas quando o assunto é o Reino Unido, os bebedores britânicos conseguiram dobrar essas estimativas – chegando a 12.3 litros no ano passado.
Os números, retirados das estatísticas anuais da Organização Mundial da Saúde, mostraram que apenas 11 países consomem mais álcool do que o Reino Unido.

Os 11 países são: Estônia, Ucrânia, Bélgica, Bulgária, Croácia, República Checa, Roménia, Rússia, Moldávia, Bielorrússia e Lituânia.
Em 2016, os lituanos foram considerados os maiores bebedores do mundo, com uma média de 18.2 litros de álcool para cada pessoa maior de 15 anos.
Um relatório financiado pela União Europeia em 2014 afirmou que o grande consumo de álcool na Lituânia ocorre devido aos problemas sociais.
O relatório afirmou: “A Lituânia, assim como a Letônia, Polônia e vários países vizinhos, pertencem aos países nórdicos onde 90% da cerveja é consumida em casa, enquanto na Grécia, Irlanda, Malta, Portugal e Espanha, mais de 60% da cerveja é consumida em bares”.
“Um dos motivos pelos quais os lituanos consomem uma quantidade tão grande de álcool é um nível muito baixo de bem-estar social: as pessoas se sentem infelizes e abusam do álcool para se sentir melhor”.
“Os lituanos, principalmente os homens, usam o álcool como um tipo de relaxante, acreditando que a bebida ajuda a esquecer a rotina”.

domingo, 14 de maio de 2017

ANTONIO GARCEZ ASSUMIRÁ A VAGA DE EDMILSON JANSEN NA CÂMARA



Com a morte do vereador Edmilson Jansen, neste sábado (13), o suplente Antônio Garcez ocupará o lugar dele na Câmara de São Luís. Mesmo elegendo apenas um único representante nas eleições de 2016, o PTC não perde espaço na Casa já que o suplente também é filiado ao partido.

QUEM É ELE?
Antônio José Lima Garcez, natural de São Luís, é primeiro suplente da Coligação "O Trabalho Continua", composta pelos partidos PT/PTC. Ele é comerciante e tem 60 anos. Nas eleições de 2016, o petecista conquistou 2.955 votos, pouco menos que Edmilson, que obteve 4.108.

Edmilson Jansen, de 66 anos, morreu, na noite deste sábado (13), após complicações em uma cirurgia de hérnia umbilical.

Edmilson apresentou evolução positiva e melhora ascendente, porém, nas últimas 24hs, começou apresentar uma nova infecção por germes oportunistas, que atingem pessoas com imunidade alterada.

Na UTI do hospital ainda foram feitos todas as tentativas para combater a evolução da nova infecção, mas infelizmente o paciente veio a óbito.

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Homem tenta fugir da cadeia disfarçado de Nazaré Tedesco e se dá mal


A novela “Senhora do Destino” está sendo reprisada nas tardes da Globo e a vilã Nazaré Tedesco parece estar lançando tendência no mundo inteiro. Ao tentar fugir da cadeia de San Pedro Sula, em Honduras, o prisioneiro Francisco Herrera Argueta, 55 anos, usou disfarce inusitado.
Ele colocou uma peruca loira, óculos escuros, pintou as unhas e colocou enchimentos nos peitos, além das roupas femininas, para sair do presídio de segurança máxima sem ser notado. No entanto, o plano não deu certo e ele acabou sendo reconhecido pelos policiais do local.
Nas redes sociais, o prisioneiro virou meme e está sendo bastante comentado. Muitos internautas brasileiros estão dizendo que o disfarce foi muito bom e que ele estava parecido com a personagem de Renata Sorrah na Globo. O criminoso havia sido preso em 2015, por homicídio e porte de arma.
Na hora de fugir, ele se apresentou como Jacinta Elvira Araujo, visitante cuja identidade já estava nos registros da prisão, para sair de fininho após o horário de visitas. Ele, no entanto, não conseguiu disfarçar a voz grossa e os passos desequilibrados em cima do salto.
O homem chegou a passar por algumas áreas de segurança, mas em uma delas, quando um agente perguntou o número da identidade, ele acabou falando com a sua verdadeira voz, sem querer.
 

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Escola Casa Familiar Rural foi entregue neste fim de semana pela SEMAPA





Na manhã deste sábado (6) foi entregue a Escola Casa Familiar Rural (ECFR), localizada no bairro do Quebra Pote, zona rural de São Luís. A instituição integra a rede municipal de ensino e atende regularmente a 60 estudantes com conteúdos da grade curricular regular e também sobre técnicas de agricultura e criação de animais.

Durante a entrega da escola, o prefeito Edivaldo estava acompanhado do vice-prefeito, Julio Pinheiro; do Secretário de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Ivaldo Rodrigues e do Secretário de Educação, Moacir Feitosa; além dos vereadores Osmar Filho, César Bombeiro, Edson Gaguinho, Fátima Araújo, Francisco Carvalho, Joãozinho Freitas, Paulo Victor e Pavão Filho. 

O evento contou ainda com as presenças da gerente de meio ambiente, segurança do trabalho e relações institucionais da Alumar, Dulcimar Soares; e do gerente da refinaria da Alumar, Carlos Eduardo Caheté de Melo.

É a primeira reforma realizada na ECFR desde a sua inauguração, em 2002. Na época, a escola foi construída por meio de uma parceria entre a Prefeitura de São Luís e o Instituto Alcoa. A unidade adota a pedagogia da alternância, inspirada no modelo francês implantado desde 1937, segundo o qual o aluno permanece na escola durante uma semana, de segunda a sexta-feira, e no período subsequente permanece em sua residência, colocando em prática os conteúdos aprendidos na escola.

REFORMA

A obra na Escola Casa Familiar Rural incluiu a recuperação de toda a estrutura física, da alvenaria, cozinha, banheiros, forro e divisórias da sala da diretoria. Também foi instalada uma segunda portaria para o atendimento à comunidade. Por meio de parceria com o Instituto Alcoa, foi construída a passarela de acesso ao ginásio poliesportivo da instituição.

A apresentação fica a cargo do Secretário de Agricultura, Pesca e Abastecimento.

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Mais de 21% dos brasileiros de 14 a 25 anos têm sintomas indicativos de depressão


Com a repercussão do jogo macabro “Baleia Azul” no mundo, o tema “Depressão na adolescência” ganhou destaque na mídia e redes sociais. Além de ter despertado preocupação e medo nos pais. A doença que atinge cada vez mais jovens e adolescentes no Brasil ainda permanece como de difícil diagnóstico, pois alguns de seus sintomas são considerados como típicos da juventude.

Segundo dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), essa patologia é a principal causa de doenças entre jovens dos 10 aos 19 anos de idade e o suicídio é uma das três maiores causas de morte nessa mesma faixa etária.

Mais de 21% dos brasileiros de 14 a 25 anos têm sintomas indicativos de depressão, segundo dados do Levantamento Nacional de Álcool e Drogas (Lenad). Entre as mulheres, a proporção é ainda maior e passa de 28%. A pesquisa também revela que quase 1 em cada dez jovens já pensou, em algum momento, em tirar a própria vida, enquanto 5% dos jovens declararam já terem feito alguma tentativa de suicídio.

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Um em cada dez estudantes no Brasil é vítima frequente de bullying


No Brasil, aproximadamente um em cada dez estudantes é vítima frequente de bullying nas escolas. São adolescentes que sofrem agressões físicas ou psicológicas, que são alvo de piadas e boatos maldosos, excluídos propositalmente pelos colegas, que não são chamados para festas ou reuniões. O dado faz parte do terceiro volume do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa) 2015, dedicado ao bem-estar dos estudantes.
O relatório é baseado na resposta de adolescentes de 15 anos que participaram da avaliação. No Brasil, 17,5% disseram sofrer alguma das formas de bullying "algumas vezes por mês"; 7,8% disseram ser excluídos pelos colegas; 9,3%, ser alvo de piadas; 4,1%, serem ameaçados; 3,2%, empurrados e agredidos fisicamente. Outros 5,3% disseram que os colegas frequentemente pegam e destroem as coisas deles e 7,9% são alvo de rumores maldosos. Com base nos relatos dos estudantes, 9% foram classificados no estudo como vítimas frequentes de bullying, ou seja, estão no topo do indicador de agressões e mais expostos a essa situação.
A publicação faz parte das divulgações do último Pisa, de 2015, avaliação aplicada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Participaram dessa edição 540 mil estudantes de 15 anos que, por amostragem, representam 29 milhões de alunos de 72 países. São 35 países-membros da OCDE e 37 economias parceiras, entre elas o Brasil.
Em comparação com os demais países avaliados, o Brasil aparece com um dos menores "índices de exposição ao bullying". Em um ranking de 53 países com os dados disponíveis, o Brasil está em 43º. Em média, nos países da OCDE, 18,7% dos estudantes relataram ser vítimas de algum tipo de bullying mais de uma vez por mês e 8,9% foram classificados como vítimas frequentes.
"O bullying tem sérias consequências tanto para o agressor quanto para a vítima. Tanto aqueles que praticam o bullying quanto as vítimas são mais propensos a faltar às aulas, abandonar os estudos e ter piores desempenhos acadêmicos que aqueles que não têm relações conflituosas com os colegas", diz o estudo, que acrescenta que nesses adolescentes estão também mais presentes sintomas de depressão, ansiedade, baixa autoestima e perda de interesse por qualquer atividade.
Satisfação e pertencimento
O levantamento mostra que os estudantes brasileiros estão acima da média no quesito satisfação com a vida: 44,6% dizem que estão muito satisfeitos, enquanto a média dos países da OCDE é 34,1%. Na outra ponta, tanto no Brasil quanto na média dos países da OCDE, 11,8% dizem que não estão satisfeitos com a vida.
No Brasil, 76,1% sentem que pertencem à escola. Entre os países da OCDE, 73% dos adolescentes dizem ter esse sentimento de pertencimento.
Quase todos os estudantes brasileiros (96,7%) querem ser escolhidos para as melhores oportunidades disponíveis quando graduarem e 63,9% querem estar entre os melhores estudantes da classe. Entre os países da OCDE, esses percentuais são, respectivamente, 92,7% e 59,2%.
O Brasil, no entanto, aparece quase no topo entre os países com estudantes mais ansiosos - 80,8% ficam muito ansiosos mesmo quando estão bem preparados para provas. A média da OCDE é 55,5%. O país é superado apenas pela Costa Rica, onde 81,2% dos estudantes relataram ansiedade nesses casos. Mais da metade dos brasileiros, 56%, disseram que ficam tensos ao estudar. A média da OCDE é 36,6%.
"Esses resultados sugerem a necessidade de relações mais fortes entre escolas e pais para que os adolescentes tenham o apoio de que necessitam, acadêmica e psicologicamente. Essa aproximação poderia contribuir muito para o bem-estar de todos os alunos", diz o relatório.
Pais e professores
O levantamento mostrou que pais e professores têm papel importante no bem-estar dos estudantes. Estudantes que têm pais interessados nas atividades escolares são 2,5 vezes mais propensos a estar entre as notas mais altas da escola e 1,9 vezes a estar muito satisfeitos com a vida. Com o apoio dos pais e responsáveis, os estudantes também têm duas vezes menos chance de se sentir sozinhos na escola e são 3,4 vezes menos propensos a estar insatisfeitos com a vida.  
A participação dos professores também é importante. Estudantes que recebem apoio e suporte dos professores em sala de aula são 1,9 vezes mais propensos a sentir que pertencem à escola do que aqueles que não têm esse apoio. Aqueles que percebem que os professores são injustos com eles têm 1,8 vezes mais chance de se sentir excluídos na escola.  
De acordo com o relatório, grande parte dos estudantes tem a sensação de que é injustiçada pelos professores. Em média, nos países da OCDE, 35% dos alunos relataram que sentem, pelo menos algumas vezes por mês, que seus professores pedem menos deles que dos outros estudantes; 21% acham que seus professores os julgam menos inteligentes do que são; 10% relataram que os professores os ridicularizam na frente dos outros; e 9%, que seus professores chegaram a insultá-los na frente dos demais.
Bem-estar dos estudantes
Esta é a primeira vez que o Pisa divulga dados da performance dos estudantes que dizem respeito à relação deles com os professores, à vida em casa e a como gastam o tempo fora da escola. O relatório que trata do bem-estar dos estudantes faz parte dos resultados do Pisa 2015.  Ao todo, participaram 540 mil estudantes de 15 anos que, por amostragem, representam 29 milhões de alunos de 72 países. São 35 países-membros e 37 economias parceiras, entre elas o Brasil.
Aplicado pela OCDE, o Pisa testa os conhecimentos de matemática, leitura e ciências de estudantes de 15 anos de idade. Em 2015, o foco foi em ciências, que concentrou o maior número de questões da avaliação.
Mariana Tokarnia - Repórter da Agência Brasil

segunda-feira, 10 de abril de 2017

FOLGA: Começa nesta semana a maior série de feriadões da década


Esta Semana Santa inicia sequência de três fins de semana consecutivos de feriadões. A última vez em que isso ocorreu foi há 11 anos, em 2006, também no mês de abril. Outra série de feriadões consecutivos só ocorrerá daqui a 11 anos, em 2028.
O primeiro da sequência começa nesta Sexta-Feira Santa ou, nas escolas e algumas repartições públicas, já na quinta-feira. Na semana seguinte, a sexta-feira será outro feriado: o Dia de Tiradentes, 21 de abril. O fim de semana seguinte terminará numa segunda-feira de folga: 1º de maio, Dia do Trabalho.

O período entre abril e o começo de maio é a única época do ano na qual é possível haver três feriadões consecutivos. Quando o 21 de abril é na sexta-feira, o 1º de maio cai duas segundas-feiras depois. Então, há a garantia de dois feriadões em série. Porém, a Semana Santa é data móvel e a combinação das três datas é mais rara de ocorrer.

“Imprensar”
Depois dos feriadões em série, haverá período longo sem novos fins de semana prolongados. Após o 1º de maio, o próximo será no Natal, uma segunda-feira. Porém, haverá cinco feriados que caem em dias de terça ou quinta-feira. Oportunidade para quem pode “imprensar” a segunda ou a sexta de ter quatro dias de folga seguidos.
 
Próximos feriados
Sexta-Feira da Paixão: 14 de abril
Dia de Tiradentes: 21 de abril (sexta-feira)
Dia do Trabalho: 1º de maio (segunda-feira)
Corpus Christi: 15 de junho (quinta-feira)
Dia de Nossa Senhora da Assunção: 15 de agosto (terça-feira) — feriado municipal em Fortaleza
Dia da Independência: 7 de setembro (quinta-feira)
Dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil: 12 de outubro (quinta-feira)
Dia de Finados: 2 de novembro (quinta-feira)
 
Proclamação da República: 15 de novembro (quarta-feira)
Natal: 25 de dezembro (segunda-feira)

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Matemáticos explicam como pedestres se comportam nas multidões



Imagine aquela cena típica nos transportes públicos na hora do rush. Passageiros circulando de um lado para o outro, alguns com pressa, outros nem tanto, cada um com seu destino final. Mas o que faz com que as pessoas não se choquem umas com as outras? Matemáticos da Universidade Tecnológica de Eindhoven, na Holanda, publicaram, no ultimo dia 24, uma pesquisa que mapeia os movimentos dos pedestres e revela como eles se comportam em meio às multidões. O estudo é importante pois pode ajudar a evitar tragédias que envolvem grandes públicos como o caso do Love Parade, um festival de música na Alemanha, no qual 21 pessoas morreram pisoteadas e 500 ficaram feridas em 2010.
Um dos desafios do experimento, no entanto, foi monitorar grandes grupos e sua imprevisibilidade. Pois, um indivíduo pode, a qualquer momento, alterar sua trajetória. Para isso, os cientistas desenvolveram um método de mapeamento e compreensão de deslocamento de pedestres nas multidões, posicionando câmeras para gravar os movimentos em um corredor da Universidade de Eindhoven. As câmeras eram equipadas com um sensor de movimento 3D, como os que são usados em video games. Em um ano, a equipe captou imagens e identificou cerca de 70 mil rotas utilizadas pelos transeuntes. Com o resultado, estabeleceu-se o caminho adotado com mais frequência, levando em conta as variações ‘inesperadas’.
Assim, foi possível observar, por exemplo, com qual frequência um indivíduo muda sua rota e dá uma ‘meia volta’, movimento que, dependendo do tamanho da multidão, pode causar problemas de fluxo e obstrução de passagem. De acordo com os pesquisadores, conhecer e entender os caminhos tomados pelos pedestres durante situações adversas pode ajudar na organização e planejamento de controle de fluxo e evasão dos locais que recebem grandes públicos como o metrô e estádios de futebol.  

veja.com