quinta-feira, 2 de junho de 2016

DIVÓRCIO: UM PÉSSIMO NEGÓCIO

A maioria dos casamentos não termina com um final feliz, no entanto, de acordo com os resultados revelados com um novo estudo, ser o melhor amigo do seu parceiro, o medo da solidão ou a conta bancária conjunta podem salvar o seu relacionamento. O estudo, realizado pela VictoriaMilan - um site de encontros perguntou a 4.517 dos seus membros masculinos e femininos quais são as principais razões para não se divorciarem. A principal razão para não haver divórcio é o medo da solidão; com 4 em cada 10 pessoas a dizer que a solidão as aterroriza. O respeito pelas crianças e a ruptura da unidade familiar vem em segundo lugar, de acordo com pouco menos de um quarto dos entrevistados. O divórcio tem muitas vezes grandes implicações financeiras: 82% dos traidores diz que seria mais fácil ficar num casamento sem amor do que enfrentar o horror financeiro que vem com o pacote do divórcio. O pagamento da pensão de alimentos e os custos de habitação são apenas o começo dos problemas consequentes do dinheiro. No entanto há alguns impedimentos que garantem o divórcio imediato. O abuso físico ou mental faz com que 85% dos traidores assine imediatamente os papéis de separação. 70% diz que pode atingir o seu limite e não é capaz de suportar a coexistência por mais tempo. O fundador e CEO da Victoria Milan, Sigurd Vedal, diz que o divórcio pode parecer um caminho mais fácil para muitos, mas quando se trata de olhar para os detalhes, é mais fácil permanecer casado. "A liberdade tem um preço enorme e quando há crianças e investimentos envolvidos, muitas das vezes torna-se mais fácil não abanar o barco e ficar casado. Os traidores dizem que o dinheiro e a solidão são as principais razões para não se divorciarem, mas para 6 em cada 10 não é tão mau - eles adoram o seu parceiro como se fosse um amigo ", disse o Sr. Vedal. Dados recolhidos de 4,517 membros do sexo masculino e feminino do site Victoria Milan 1-Qual é a principal razão para não se divorciar? A solidão assusta-me - 42% Os meus filhos - 23% Tenho medo do que a minha família e os outros vão pensar - 18% Questões financeiras - 17% 2-Que outras razões influenciam a sua decisão para não se divorciar? (escolha múltipla) Amamo-nos como amigos - 60% Ser infiel permite-me ter um bom equilíbrio - 55% Medo de estar errado - 40% Temo não encontrar outra pessoa - 38% Futuro incerto - 25% 3-Será que as questões monetárias influenciam a decisão de não deixar o seu parceiro? Sim - 82% Não - 18% 4-O que faria com que pedisse o divórcio sem hesitar? (escolha múltipla) Abuso físico ou mental - 85% Amar outra pessoa - 65% Coexistência insuportável - 70% Ele / ela está a ser infiel - 55%

Nenhum comentário:

Postar um comentário