terça-feira, 5 de julho de 2016

Identificadas vítimas da tragédia ocorrida na BR-135



Foram identificadas as vítimas da tragédia da BR-135, que são todas da cidade de Humberto de Campos (MA), cidade localizada a 153 km de distância de São Luís, na região dos Lençóis Maranhenses, os corpos das vítimas do grave acidente entre uma caçamba e um veículo de passeio que aconteceu na manhã desse domingo (3), no Km 36 da BR-135. Onde a colisão entre os dois veículos vitimou oito pessoas.
 
Os corpos foram liberados pelo Instituto Médico Legal (IML) na madrugada desta segunda-feira (4), por volta de 1h. A cidade de Humberto de Campos, de pouco mais de 26,1 mil habitantes decretou luto oficial por causa da tragédia.

Dentro do carro, estavam duas famílias. A primeira, a do motorista Reginaldo ‘Careca’ – como era conhecido – de São Vicente Ferrer (MA) e acostumado a fazer o percurso oferecendo serviço de ‘táxi-lotação’, acompanhado da esposa e filha, identificadas apenas como Vanda e Hanna.

A segunda família é a de Kelvin Daniel da Conceição Costa, de apenas um ano de idade. Acompanhavam a criança a senhora, Valdicleide Santos da Conceição, de 34 anos, mãe de Kelvin; e Helena Santos da Conceição, 70, avó da criança.

Também estavam no veículo o pedreiro Dioninson da Silva, de 28 anos; e a estudante Rosânia Santos, 14, filha de um comerciante de Humberto de Campos, que começaria um curso de computação neste mês de julho. 

Segundo familiares das vítimas, os ocupantes do veículo se deslocavam de Humberto de Campos para São Luís, para realizar alguns exames médicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário