segunda-feira, 4 de julho de 2016

Policia prende quatro integrantes de quadrilha de assaltantes em Grajaú.


O terror dos moradores e passageiros que trafegam pela MA-006 sentido à cidade de Arame, chega ao começo do fim. A quadrilha de assaltantes formada por índios na região de Bela Estrela, habitantes da aldeia conhecida como Formosa, foram presos na manhã desta sexta-feira (01) de julho na aldeia. Pelo menos 25 policiais da civil, em uma operação designada pela regional de Barra do Corda, fizeram a ação acontecer.


Cerca de 06 viaturas e 25 homens da região de Grajaú e Barra do Corda, participaram da operação sob o comando dos delegados Renilton, Cairo Cley e o delegado de Arame. O objetivo foi pegar de surpresa depois de uma investigação os acusados de agirem com violência e truculência, durante assaltos realizados na MA.

A aldeia que fica há cerca de 77 km de Bela Estrela, foi invadida pela policia nas primeiras horas da manhã de sexta-feira e, quatro dos homens acusados de assaltos foram presos, um conseguiu fugir na mata. Mas foram presos os integrantes; André Gomes Guajajara vulgo “Veim”, Raimundo Soares Guajajara, Dorivan Guajajara vulgo “Tatu” e José Dinei Guajajara vulgo “Nunum”. O que intrigou a policia, foi a paciência e tática com que eles tinham de sair da aldeia Formosa há 77 km da margem da MA-006, só para praticar os assaltos. Mas a policia descobriu que eles vinham de moto e ficavam na região de Bela Estrela, com um acampamento no matagal, praticando por vários dias os assaltos e logo depois voltavam à aldeia.

Com eles ainda foram presas cinco armas usadas nos assaltos, duas espingarda bate-bucha pro-fora, uma cano serrada outra de cartucho e uma de dois canos calibre 12. As vitimas que compareceram à delegacia reconheceram os acusados e as armas dos assaltos. Ainda foram presas duas motos, uma Twister e uma Pop ambas eram usadas na fuga após o assalto.

No começo do mês de junho, um homem foi brutalmente humilhado e espancado pelos acusados, após reagir ao assalto na região de Bela Estrela. Foi desse ato que a policia que já vinha investigando o caso, resolveu montar a operação que acabou na prisão dos mesmos. A policia comunica que outras pessoas que tenham sido vitimas dos acusados, que possam comparecer à delegacia para reconhecimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário