quinta-feira, 7 de julho de 2016

Polícia Federal deflagra 32ª fase da Operação Lava Jato


A Polícia Federal cumpre, na manhã desta quinta-feira (7), mandados judiciais referentes à 32ª fase da Operação Lava Jato, batizada de "Caça-Fantasmas". A ação acontece nas cidades de São Paulo, São Bernardo do Campo e Santos e é um desdobramento da 22ª etapa, que recebeu o nome de "Triplo X".

De acordo com a PF, esta nova etapa visa apurar a atuação de uma instituição financeira do Panamá em território nacional sem autorização do Banco Central. O objetivo da empresa seria abrir e movimentar contas no Brasil e, dessa forma, viabilizar o fluxo de valores de origem duvidosa para o exterior sem que o montante passasse pelo sistema financeiro brasileiro.

No total, 17 mandados foram expedidos, sendo 7 conduções coercitivas e 10 pedidos de busca e apreensão.

Na segunda-feira (4), ocorreu a 31ª etapa da Lava Jato. Denominada Operação Abismo, o objetivo era investigar desvios em licitações para a reforma do Cenpes (Centro de Pesquisa da Petrobras), no Rio de Janeiro, onde são feitos estudos sobre a exploração em águas profundas.

Um dos alvos foi o ex-tesoureiro do PT, Paulo Adalberto Alves Fernandes, que já se encontrava preso desde o dia 23 na superintendência do órgão em São Paulo, em decorrência da operação Custo Brasil, também da PF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário