sexta-feira, 22 de julho de 2016

RELATÓRIO EMITIDO PELO PROCURADOR DA REPÚBLICA, APONTA VÁRIAS IRREGULARIDADES NO PRONTO SOCORRO MUNICIPAL DE BACABAL




A coletiva que durou cerca de 40 minutos foi realizada na tarde desta quinta-feira (21), na sede da Procuradoria da República de Bacabal (PRM/Bacabal), teve como intuito repassar a imprensa para que ela leve até a população todas as informações e irregularidades encontrada nas fotos, imagens e entrevistas colhidas na inspeção realizada no último dia 13 de julho, no Pronto Socorro Municipal de Bacabal (Socorrão), pelo Procurador da República Francisco de Paula Vitor Santos Pereira.
  



Diante de todas as irregularidades encontradas e, após todo o material ter sido periciado por técnicos da procuradoria, o Ministério Público Federal através do Procurador da República Francisco de Paula Vitor, decidiu fazer recomendações ao Secretário de Saúde e ao Diretor do Pronto Socorro Municipal (Socorrão), conceda melhorias nas questões estruturais e aspectos do atendimento à população, principalmente no tempo de espera aos pacientes que precisam no atendimento daquela casa de saúde.



Também requisitou ao Departamento de Auditoria do Sistema Único de Saúde (Denasus) a inclusão do município de Bacabal na programação de ação fiscalizatória.


No documento entregue a imprensa diz ainda que:  O Ministério Público Federal atuará na rápida responsabilização dos infratores, com a promoção das ações penais e de improbidade administrativas cabíveis, se caso haja descumprimento injustificado da Recomendação.



Fixou ainda o prazo de até 75 dias (a contar do recebimento da Recomendação) para que o município preste informações as medidas tomadas, resultados obtidos e eventuais providências, comprovando-se documentalmente, especialmente com material fotográfico e de filmagens.


Posteriormente será marcada uma reunião na sede da Procuradoria da República de Bacabal (PRM/Bacabal) para tratar assuntos pertinentes ao andamento das adequações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário