sábado, 6 de agosto de 2016

Festa de abertura da Rio-2016 empolga imprensa internacional


Samba, funk, maracatu, bossa nova… e Gisele Bündchen. A festa musical brasileira no Maracanã e a presença da top empolgam a imprensa internacional. “Espetacular”, resumiu um dos jornalistas do americano New York Times.

O jornal Washington Post ressalta que o público acompanhou em coro o “cantor de samba muito amado” Zeca Pagodinho. “Os brasileiros conhecem as letras de centenas e centenas de músicas, portanto esses coros são muito comuns”, diz o Post.
A rede BBC destaca a reação positiva de seus leitores nas redes sociais e elogiou a cerimônia com um tuíte em sua conta no microblog: “Não sei quanto a vocês, mas nós estamos impressionados até agora pela #CerimoniadeAbertura da #Rio2016. Uau!”

O desfile da top brasileira Gisele Bündchen também é destaque na cobertura internacional. “Gisele acaba de entrar. Alguma outra coisa importa?”, pergunta o jornal Washington Post, enquanto Gisele atravessa o cenário da abertura ao som de Garota de Ipanema.
A modelo de 36 anos também impressionou os hermanos do jornal argentino La Nación, que chamou Gisele de “a garota de Ipanema mais sensual da cerimônia”

 O britânico The Guardian elogiou a apresentação de Daniel Jobim, neto do compositor Tom Jobim, da famosa Garota de Ipanema. O jornal ressalta que essa é a “segunda música mais tocada na história”, atrás apenas de Yesterday, dos Beatles, mas a cerimônia de abertura “nos lembrou que Garota de Ipanema é 20 MILHÕES DE VEZES MELHOR QUE YESTERDAY”, brinca o Guardian. E não poupa ainda elogios à bela Gisele, “que vem e que passa, num doce balanço a caminho do mar”.


A modelo Gisele Bündchen desfila no estádio do Maracanã durante a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016

Maracatu? Gambiarra?

Enquanto noticiam os eventos relacionados à cerimônia de abertura, as publicações estrangeiras explicam aos seus leitores termos típicos brasileiros, como maracatu e gambiarra.
O NYT tenta explicar a ‘gambiarra’, celebrada no evento e descrita pelos organizadores como o “talento brasileiro para transformar quase nada em algo grandioso”. “Acho que eles querem dizer que isso teve um baixo custo e pouca tecnologia, mas tem muita energia, orgulho e emoção”.
O Washington Post resumiu em poucas palavras o maracatu: “um amontoado de sons de bateria”. “É a real celebração da rica cultura musical do Brasil”, disse o jornal americano sobre a festa da abertura de cerimônia da Rio-2016.
Inventor do avião
A agência de notícias Associated Press lembrou a polêmica envolvendo a invenção do avião, creditada aos Irmãos Wright fora do país, no momento da homenagem a Santos Dumont na cerimônia de abertura. “No Brasil, eles dizem que Alberto Santos Dumont é o inventor – e que os Irmãos Wright inventaram, na verdade, uma máquina de saltar”, explicou a AP. (Veja)

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

FESTIVAL DE SOTAQUES BUMBA MEU CANTO


Segue programação dessa sexta-feira 05/08, que terá início às 18h:

18:00 Abertura com o show do cantador Chagas
18:30 Sotaque Costa de Mão:
- Boi Rama Santa
18:45 Sotaque de Zabumba:
- Boi Unidos Venceremos
- Boi Bacaba
- Boi da Fé em Deus
- Boi da Liberdade


19:45 Sotaque da Baixada:
- União da Baixada
- Boi Unidos de São Bento
- Fruto da Raça Show
- Boi de Penalva do Bairro de Fátima
- Boi de Pindaré 


21:00 Sotaque de Orquestra:
- Boi Rosário de Barbosa
- Boi Meu Tamarineiro
- Boi Mocidade Axixaense
- Boi Brilho da Ilha
- Boi da Lua


22:15 Sotaque de Matraca:
- Boi do Bairro de Fátima
- Boi Brilho de São João
- Boi da Pindoba
- Boi de Tajaçuaba
- Boi Estrela Maior 


23:30 Show de Mano Borges

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Morre quarta vítima do incêndio criminoso ocorrido em Pirapemas



Morreu na manhã desta quarta-feira (03/08) Rivelino Marques de Araújo.

Rivelino é mais uma vítima do incêndio criminoso que aconteceu no povoado Tiquaras, zona rural de Pirapemas, no dia 19 de julho. 

Três pessoas já haviam morrido por causa da gravidade das queimaduras, Raimundo da Conceição Frazão, Maria Francineth da Silva Frazão Rosilene da Silva Santos não resistiram aos ferimentos. Agnaldo da Silva Conceição e Celso da Silva Costa ainda estão internados em estado grave.

Candidato vai ter que provar que é negro em concursos públicos


Os concursos públicos federais deverão verificar presencialmente se um candidato é negro, caso ele tenha se declarado assim para concorrer a vagas reservadas a cotas raciais. A medida faz parte de um conjunto de determinações contidas em uma portaria do Ministério do Planejamento publicada nesta terça-feira no Diário Oficial da União (DOU). De acordo com a norma, mesmo os processos em andamento, mas que ainda não foram homologados, deverão se ajustar ao processo antes do resultado final.

A portaria regulamenta um item da lei 12.990, de 2014, que reserva 20% das vagas de concursos públicos da administração federal àqueles que se denominarem negros. Há nela um artigo que prevê que o concursando seja desclassificado, ou perca o cargo caso tenha sido empossado, caso seja verificada fraude, mas o texto não define a forma de verificação.

A regulamentação publicada nesta terça determina que os organizadores dos processos criem uma comissão, com cargos distribuídos igualmente por gênero, cor e, preferencialmente, por naturalidade. Os critérios usados por este grupo devem ser somente os “aspectos fenotípicos”, segundo o texto da norma que já está em vigor. Em biologia, o termo fenótipo é usado para se referir a características genéticas que sejam aparentes.

Vacina contra a dengue é vendida a preços de R$ 750 a R$ 915



Autorizado para comercialização na última semana, a primeira vacina da dengue disponível no Brasil é aplicada em clínicas por um preço final que varia de R$ 750 a R$ 915. Liberado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o imunizante, chamado de Dengvaxia, é produzido pelo laboratório francês Sanofi Pasteur e é disponibilizado para pessoas entre 9 e 45 anos. A aplicação é dividida em três doses, que devem ser aplicadas a cada seis meses.

O valor final do produto representa mais do que o dobro do definido pelo Comitê Técnico Executivo da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), autoridade federal responsável pela regulação de preços de medicamentos. Segundo a Sanofi, o aumento no custo final se deve às despesas de infraestrutura e mão de obra das instituições de saúde que aplicam a vacina.

Em São Paulo, ao menos três clínicas já realizam a imunização. O preço mais baixo encontrado é de R$ 250 por dose, no centro de vacinação Climuni, localizado no bairro de Santana, na zona norte da capital paulista. 

A Imunobaby, do Belenzinho, e a Digimagem, do Tatuapé, ambas na zona leste, aplicam cada dose por R$ 290 e R$ 305, respectivamente. 

A média de preços se repete em outras cidades: a Companhia da Vacina, de Campinas, no interior de São Paulo, e a MultiVacinas, de Porto Alegre, cobram R$ 300 por dose, por exemplo.(Estadão)

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Os riscos alarmantes de 10 remédios que todo mundo consome


Seja para dor de cabeça, no estômago ou até mesmo para aquela indigestão após o almoço, se automedicar no Brasil é prática comum entre a maioria das pessoas- afinal todo mundo costuma manter em casa ou na bolsa uma pequena farmácia particular para qualquer contratempo.  Óbvio que em alguns casos um comprimido pode salvar o dia e resolver o problema imediatamente, mas o perigo existe se a automedicação vira rotina e a pessoa já não consegue viver mais sem remédios para qualquer tipo de indisposição.
Em seu mais recente livro, "Tarja Preta - Os segredos que os médicos não contam sobre os remédios que você toma", publicado pela revista Superinteressante da Editora Abril, Marcia Kedouk dedica um capítulo inteiro sobre o perigo real da automedicação.  Ela alerta, por exemplo, que um despretensioso sal de fruta altera o pH do estômago e pode provocar até mesmo alcalose - que é quando o sangue e outros líquidos corporais se tornam básicos e sobrecarregam os rins e os pulmões.
A autora listou os efeitos indesejados de 10 medicamentos comuns e muito consumidos pelos brasileiros. 
Veja quais são eles:

1 - Tylenol
Princípio ativo: Paracetamol
Para que serve: Dor e febre
Efeitos indesejados: O paracetamol quando metabolizado pelo fígado se transforma em uma substância tóxica chamada de NAPQI, que normalmente é rapidamente eliminada pelo corpo. O problema é que em adultos doses a partir de 4 gramas por dia ou 1 grama de uma única vez podem sobrecarregar o fígado, causando assim lesões irreversíveis e em alguns casos até falência órgão. As superdosagens podem acontecer porque outros medicamentos também possuem o mesmo princípio ativo. E a mistura do Tylenol com um anti-inflamatório, por exemplo, pode provocar overdose acidental.    

2 - Neosaldina
Princípio ativo: Dipirona, mucato de isometepteno e cafeína
Para que serve: Dor e febre
Efeitos indesejados: Os efeitos colaterais da dipirona agem diretamente no sangue, ou melhor, na diminuição da quantidade de células do sangue, como glóbulos vermelhos, brancos e plaquetas. Outro alerta diz respeito ao risco de choque anafilático – reação alérgica grave que mesmo quem está acostumado a usar a medicação pode sofrer. Não à toa países como Austrália e Estados Unidos já proibiram o uso da dipirona. Marcia Kedouk ainda alerta que o uso indiscriminado de remédios comuns para dor de cabeça diminui a capacidade de o corpo liberar endorfina – o nosso analgésico natural. 
  
3 - Dorflex
Princípio ativo: Dipirona, citrato de ofernadrina e cafeína
Para que serve: Dor principalmente muscular
Efeitos indesejados: Além dos efeitos colaterais da dipirona, a superdosagem da orfenadrina é tóxica e pode levar à morte. Boca seca, alterações nos batimentos do coração, tremor, agitação, delírio e coma são alguns dos efeitos em doses altas.

4 - Aspirina
Princípio ativo: Ácido acetilsalicílico
Para que serve: Dor e estágios leves de febre
Efeitos indesejados: Oito comprimidos de Aspirina são suficientes para causar choque cardiovascular e insuficiência respiratória – isso porque doses altas aumentam o risco de excesso de acidez no sangue e baixa acentuada de glicose. 
Em diabéticos, o uso indiscriminado da Aspirina pode causar hipoglicemia – uma vez que essas pessoas já usam medicamentos para controlar a doença. 
Combinada com outro anti-inflamatório ou álcool, o uso da Aspirina aumenta as chances de úlcera e sangramentos estomacais e intestinais severos.

5 - Salonpas
Princípio ativo: Salicilato de metila e levomentol
Para que serve: Dores musculares
Efeitos indesejados: Os efeitos colaterais de medicamentos aplicados na pele são mais raros, pois é difícil o organismo absorver o remédio. No caso da Salonpas, o risco existe se o paciente toma algum tipo de anticoagulante, medicação para diabetes, se é alérgico ao princípio ativi da Aspirina, ou ainda se tem sangramentos gastrointestinais ou problemas nos rins ou fígado.  

6 - Eno
Princípio ativo: Bicarbonato de sódio, carbonato de sódio e ácido cítrico
Para que serve: Queimação no estômago
Efeitos indesejados: Dois envelopes de Eno contêm 1,7 grama de sódio - quase que a recomendação máxima diária de consumo que é 2 gramas. Ou seja, este simples medicamento pode ser uma bomba principalmente para quem tem pressão alta e problemas no coração.
O uso indiscriminado de Eno pode alterar o pH do estômago e, assim, sobrecarregar os rins e os pulmões. Além disso, o excesso de antiácidos, de uma maneira geral, pode reduzir a absorção de nutrientes e diminuir as defesas naturais do suco gástrico, aumentando assim os riscos de contaminação de alimentos.

7 - Omeprazol
Princípio ativo: Omeprazol
Para que serve: Dores no estômago principalmente as provocadas por lesões das mucosas
Efeitos indesejados: O Omeprazol age na diminuição do suco gástrico e seu uso por um longo período pode causar efeito-rebote, gerando assim o excesso de produção de gastrina. 
Além disso, assim como os antiácidos, o uso frequente e sem acompanhamento médico do Omeprazol pode aumentar o riscoo risco de infecções e dificultar o organismo a absorver nutrientes. Seu uso por muito tempo pode provocar, por exemplo, a diminuição severa dos níveis de magnésio causando em alguns casos problemas cardíacos.  

8 - Neosoro
Princípio ativo: Cloridrato de nafazolina
Para que serve: Desentupir o nariz
Efeitos indesejados: A nafazolina pode induzir a tolerância, efeito-rebote e até dependência psicológica. Seu uso frequente faz com que o corpo acostume com a medicação e exija uma quantidade maior do produto. Além de uma rinite medicamentosa, o Neosoro pode aumentar a pressão sanguínea e trazer problemas para o coração.

9 - Torsilax
Princípio ativo: Diclofenaco sódico, carisoprodol, paracetamol e cafeína
Para que serve: Dores musculares
Efeitos indesejados: Anti-inflamatórios de uma maneira geral podem atacar as mucosas do trato digestivo, causando assim náusea, vômito, diarreia, cólicas abdominais, sangramento gastrointestinais e úlceras. 

10 - Amoxil
Princípio ativo: Amoxilina (antibiótico)
Para que serve: Infecções (combate de bactérias)
Efeitos indesejados: O uso indiscriminado de antibióticos pode levar a proliferação de bactérias resistentes, chamadas de superbactérias. 

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Igreja evangélica possui faixa 'expulsando' presença de candidatos oportunistas



A partir do dia 16 de agosto, a campanha eleitoral estará liberada e acaba o famoso "pedir apoio" ou "pré-candidato" para "pedir voto" e "candidato" de fato. Nesse período, se intensifica a busca de votos no "corpo a corpo" - e um dos principais alvos do políticos são igrejas.

Foi com a intenção de advertir os candidatos a não pedirem votos na Igreja Batista Nacional Avivar de Novo Hamburgo, que o pastor Juliano Souto colocou uma faixa, no mínimo, inusitada em frente ao tempo, que fica no bairro Rondônia.

"Senhores candidatos a vereadores e a prefeito, estamos há três anos nesta comunidade e nunca tivemos o privilégio de suas visitas. Queremos continuar assim até outubro deste ano. Após este período, serão bem-vindos!", afirma a faixa.

"A nossa igreja tem consciência que deve influenciar em todas as áreas e nesta eleição queremos levantar a bandeira contra a hipocrisia e blindarmos nossa comunidade de maus elementos que abusam do poder público para se locupletar", afirmou o pastor, completando: "Depois das eleições a igreja estará de braços abertos a nossa liderança municipal, pois temos que honrar as autoridades constituídas."