quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

IMPERATRIZ: FILHO TENTA MATAR O PAI PELAS COSTAS


Por pouco não aconteceu uma nova tragédia em família um dia após o irmão matar o outro com uma perfuração por arma branca na barriga. 
Agora foi o filho que perfurou as costas do pai. O caso aconteceu na Rua 14, Bairro São José em Imperatriz.
Valdenor de Oliveira Freitas, foi vitima de tentativa de homicídio praticado pelo filho, João Marcos da Silva Freitas, que é usuário de drogas. 
O crime aconteceu quando Valdenor foi reclamar com o filho sobre o uso de drogas e após virar as costas foi atingido pelo golpe de faca.  Valdenor foi socorrido pelo Samu e levado para Socorrão. 
Após a tentativa de homicídio, João fugiu do local mas logo em seguida foi preso e apresentado na 10ª Delegacia Regional de Segurança. 
O pai após receber alta medica compareceu a policia para prestar depoimento.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Morre aos 88 anos a atriz Vida Alves, responsável pelo primeiro beijo gay na TV


Morreu a atriz e escritora Vida Alves, pioneira da televisão brasileira, aos 88 anos de idade na noite desta terça-feira. 

Vida teve falência múltipla de órgãos e ficou marcada na história da TV brasileira ao protagonizar o primeiro beijo gay da teledramaturgia na década de 60. E não parou por aí, antes Vida já havia roubado os holofotes ao dar o primeiro beijo na boca da nossa TV nos anos 50.

Vida foi entrevistada pelo G1 em 2014, devido ao capítulo final da novela “Amor à vida”, em que Niko (Thiago Fragoso) e Félix (Mateus Solano) protagonizaram o primeiro beijo gay em novelas da Globo. Ela se disse orgulhosa de ter seu trabalho lembrado após a novela e ter ficado emocionada ao saber que pessoas comemorarm a cena nos bares. “Foi suave, romântica e leve”.

O primeiro beijo da TV brasileira foi na novela “Sua vida me pertence”, de 1951, na emissora Tupi. O par romântico dela era Walter Forster, que também era diretor. O pudor era tão grande, lembra Vida, que o fotógrafo da Tupi não registrou o momento do beijo – ela diz que o profissional considerou que, de qualquer forma, a imagem não seria publicada na imprensa da época.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

HUMBERTO DE CAMPOS: Homossexual é morto com requintes de crueldade



O corpo do homossexual Edgar da Silva dos Santos, de 35 anos foi encontrado no inicio da tarde deste domingo(01) por populares no interior de sua residência no município de Humberto de Campos.
Populares informaram que o mesmo teria participado da festa de réveillon com amigos e em seguida teria seguido para sua residência alegando que iria comemorar com o seu companheiro.
De acordo com o laudo médico a vítima foi morta por asfixia e pancadas na cabeça, causando um traumatismo craniano.
Até o momento não se tem suspeitas de quem teria cometido o crime.