sexta-feira, 12 de maio de 2017

Homem tenta fugir da cadeia disfarçado de Nazaré Tedesco e se dá mal


A novela “Senhora do Destino” está sendo reprisada nas tardes da Globo e a vilã Nazaré Tedesco parece estar lançando tendência no mundo inteiro. Ao tentar fugir da cadeia de San Pedro Sula, em Honduras, o prisioneiro Francisco Herrera Argueta, 55 anos, usou disfarce inusitado.
Ele colocou uma peruca loira, óculos escuros, pintou as unhas e colocou enchimentos nos peitos, além das roupas femininas, para sair do presídio de segurança máxima sem ser notado. No entanto, o plano não deu certo e ele acabou sendo reconhecido pelos policiais do local.
Nas redes sociais, o prisioneiro virou meme e está sendo bastante comentado. Muitos internautas brasileiros estão dizendo que o disfarce foi muito bom e que ele estava parecido com a personagem de Renata Sorrah na Globo. O criminoso havia sido preso em 2015, por homicídio e porte de arma.
Na hora de fugir, ele se apresentou como Jacinta Elvira Araujo, visitante cuja identidade já estava nos registros da prisão, para sair de fininho após o horário de visitas. Ele, no entanto, não conseguiu disfarçar a voz grossa e os passos desequilibrados em cima do salto.
O homem chegou a passar por algumas áreas de segurança, mas em uma delas, quando um agente perguntou o número da identidade, ele acabou falando com a sua verdadeira voz, sem querer.
 

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Escola Casa Familiar Rural foi entregue neste fim de semana pela SEMAPA





Na manhã deste sábado (6) foi entregue a Escola Casa Familiar Rural (ECFR), localizada no bairro do Quebra Pote, zona rural de São Luís. A instituição integra a rede municipal de ensino e atende regularmente a 60 estudantes com conteúdos da grade curricular regular e também sobre técnicas de agricultura e criação de animais.

Durante a entrega da escola, o prefeito Edivaldo estava acompanhado do vice-prefeito, Julio Pinheiro; do Secretário de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Ivaldo Rodrigues e do Secretário de Educação, Moacir Feitosa; além dos vereadores Osmar Filho, César Bombeiro, Edson Gaguinho, Fátima Araújo, Francisco Carvalho, Joãozinho Freitas, Paulo Victor e Pavão Filho. 

O evento contou ainda com as presenças da gerente de meio ambiente, segurança do trabalho e relações institucionais da Alumar, Dulcimar Soares; e do gerente da refinaria da Alumar, Carlos Eduardo Caheté de Melo.

É a primeira reforma realizada na ECFR desde a sua inauguração, em 2002. Na época, a escola foi construída por meio de uma parceria entre a Prefeitura de São Luís e o Instituto Alcoa. A unidade adota a pedagogia da alternância, inspirada no modelo francês implantado desde 1937, segundo o qual o aluno permanece na escola durante uma semana, de segunda a sexta-feira, e no período subsequente permanece em sua residência, colocando em prática os conteúdos aprendidos na escola.

REFORMA

A obra na Escola Casa Familiar Rural incluiu a recuperação de toda a estrutura física, da alvenaria, cozinha, banheiros, forro e divisórias da sala da diretoria. Também foi instalada uma segunda portaria para o atendimento à comunidade. Por meio de parceria com o Instituto Alcoa, foi construída a passarela de acesso ao ginásio poliesportivo da instituição.

A apresentação fica a cargo do Secretário de Agricultura, Pesca e Abastecimento.