ENEM 2020: Ministério da Educação revela que terá custo extra de R$70 milhões por causa da pandemia


O secretário-executivo do Ministério da Educação,Antonio Paulo Vogel, informou que o exame deste ano terá um gasto adicional de R$70 milhões por causa da pandemia do coronavírus.
São as principais mudanças por causa do risco de transmissão do coronavírus: Aluguel de mais salas para dar maior espaçamento entre os alunos, compra de máscaras e materiais de segurança e oferta de álcool gel.
Além das mudanças impostas pela pandemia, o Ministério da Educação informou que a aplicação do Enem 2020 será mais cara porque teve um crescimento no número de inscritos em relação a 2019 e, pela primeira vez, terá a versão digital, além da impressa.

Comentários