MINAS GERAIS: Detenta morre após provocar fogo em penitenciária de Três Corações

 

Um incêndio na ala feminina da Penitenciária de Três Corações, no Sul de Minas, deixou uma pessoa morta e pelo menos outras 12 feridas na tarde deste domingo (9). As vítimas foram socorridas e levadas para o Hospital São Sebastião. De acordo com o tenente Rony Souza Ferraz, do Corpo de Bombeiros, o fogo teria sido provocado por uma detenta de 23 anos.

"Nós fomos acionados pela diretoria da penitenciaria, que relatou que uma detenta teria encostado o colchão em uma tomada dentro da cela. Isso provocou a ignição. Os agentes socorreram e levaram essa detenta para o Hospital São Sebastião”, explicou o militar.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o fogo fez com que outras internas e alguns funcionários inalassem grande quantidade de fumaça. "Seis das vítimas foram encaminhadas pelos bombeiros e as demais ficaram a cargo do SAMU", explicou o tenente.

A Polícia Militar foi acionada para dar apoio à condução das detentas e a perícia da Polícia Civil também esteve no local. O fogo foi controlado pelos bombeiros.

Detentas e funcionários em observação

A assessoria de imprensa do Hospital São Sebastião informou que três detentas seguem em observação e dois funcionários da penitenciária apresentam quadro de saúde estável. As outras vítimas foram liberadas e já retornaram para a penitenciária.

O corpo de Flaviane de Paula Correia, de 23 anos, foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) da cidade. A detenta é natural de Sete Lagoas, na Região Central de Minas Gerais.

 

Comentários