TAPA BURACOS: Prefeitura recupera mais de 500 pontos em vários bairros de São Luís

 

Um total de 593 pontos com necessidade de recuperação asfáltica foram contemplados pela Operação Tapa-Buracos da Prefeitura de São Luís, executada pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), em uma semana do início da ação. Somada a extensão total, já foram recuperadas mais de 20 km de ruas e avenidas, cujos serviços estão melhorando a trafegabilidade e a mobilidade nessas regiões, proporcionando um trânsito mais seguro, sobretudo durante este período chuvoso que vive a capital. 

“Os pontos recuperados nesta primeira semana de execução dos trabalhos foram mapeados e priorizados, já que eram considerados estratégicos para o trânsito e que pelas condições estavam comprometendo o fluxo normal em quatro grandes avenidas de São Luís. Desta forma, mobilizamos equipes das três linhas de frente, que já atuaram nas avenidas Brasil, Litorânea, Daniel de La Touche e Jerônimo de Albuquerque, recuperando o asfalto nessas vias”, destacou o titular da Semosp, Davi Col Debella. 

Foto: Divulgação 

Para a recuperação dos 593 pontos nestas quatro avenidas, a Semosp aplicou aproximadamente 500 toneladas de asfalto, isto após o trabalho de recorte da área até a sua adequada compactação. Simultaneamente, as equipes da Prefeitura de São Luís têm trabalhado, durante o dia e a noite, para dar às vias, e consequentemente aos condutores, mais segurança, evitando, assim, acidentes e outros prejuízos, como pneus cortados, amortecedores estourados, rodas quebradas, entre outros. 

Nesta semana, as equipes seguem avançando com a Operação Tapa-Buracos por outras avenidas da capital, a fim de impactarem positivamente na fluidez do trânsito. Recebem nova pavimentação durante os próximos dias, as avenidas 01 e 02 da Cidade Olímpica, por onde o prefeito de São Luís, Eduardo Braide, passou para acompanhar o andamento da operação; a Avenida Mato Grosso e Rua Minas Gerais, no bairro Matões Turu, que são importantes rotas de fuga para os condutores; também a Avenida 02, no São Cristóvão; e a Avenida Sol Nascente, no Divinéia. Em todas, o serviço acontece durante o dia. 

Já à noite, os operários se concentram nas avenidas dos Franceses, Holandeses e Acre. O período escolhido para execução do trabalho nelas se dá pela tranquilidade do trânsito, de modo a evitar engarrafamentos durante o dia nessas vias, que recebem um grande movimento de veículos.

 Agência (SECOM)

Comentários

  1. Muito boa iniciativa.
    Parabéns.
    Mas que o.prefeito desse uma olhada na estrada do Maracanã, pois tem dois trechos intratáveis ,como também.no Residencial Morada do Sol , residencial.amendoiras tambem que fica após o Maracanã .
    Os ônibus passam com dificuldades

    ResponderExcluir

Postar um comentário