ZONA RURAL: Prefeito Eduardo Braide acompanha início da entrega de kits de alimentação escolar às famílias

Agência (SECOM)

O prefeito Eduardo Braide acompanhou, nesta quarta-feira (10), a entrega de kits de alimentação escolar a famílias de alunos da Zona Rural de São Luís. A medida integra as ações da Prefeitura de São Luís para minimizar os efeitos da pandemia da Covid-19 e garantir alimentação de qualidade aos estudantes matriculados na rede municipal de ensino. A ação beneficiará famílias de 85 mil estudantes na capital.

Durante a entrega dos kits às famílias de estudantes matriculados nas UEB Major José Augusto Mochel e Mindinho, no Bairro Maracanã, o prefeito Eduardo Braide destacou que a ação ocorrerá mensalmente. “Por causa da pandemia, muitas famílias viram sua renda cair e as mais pobres são as mais afetadas. Além disso, sabemos da importância que a merenda escolar tem na vida dos alunos da nossa rede. Por isso, enquanto as aulas estiverem suspensas vamos fazer a entrega mensal dos kits alimentares às famílias dos estudantes, e garantir que a alimentação de qualidade chegue à casa de cada um deles”, afirmou.

                                    Foto: @Divulgação

Ao todo, serão 11.226 kits de alimentação escolar entregues nas 28 escolas da Zona Rural de São Luís. Cada família está recebendo dois kits, referentes aos meses de janeiro e fevereiro de 2021. A UEB Major José Augusto Mochel tem mais de 1.000 alunos matriculados; já na UEB Mindinho são 190 estudantes. Os alimentos estão sendo entregues aos pais e responsáveis, de acordo com a programação da Semed e seguindo todos os protocolos sanitários.

A secretária Municipal de Educação, Esmênia Miranda, que esteve junto com o prefeito Eduardo Braide, informou que a entrega dos kits ocorrerá sempre nas escolas onde os alunos estão matriculados. “Foi montado um cronograma de entregas para evitar aglomerações e garantir que cada família receba os kits com segurança. Esta é mais uma medida que estamos tomando para que nossos alunos não tenham prejuízos com a suspensão das aulas presenciais. Além da entrega de materiais para estudo, estamos suprindo a falta da merenda escolar na vida das nossas crianças”, disse.

Foto: @Divulgação 

O kit chegou em boa hora na casa de Conceição de Maria da Silva, que tem dois filhos matriculados na UEB Major Augusto Mochel. “Eu sou dona de casa e meu marido trabalha fazendo bicos, mas nesse período está muito difícil; então, receber estas duas cestas vai ajudar bastante a gente. Essa ajuda na pandemia vai ser muito importante”, comentou.

Cada família recebeu dois kits alimentares contendo polpa de frutas, 2kg de arroz, um pacote de biscoito água e sal, 1kg de feijão, três pacotes de flocão de milho, um pacote de leite em pó, um pacote de macarrão e molho de tomate.

A distribuição pela Semed dos kits ocorre para garantir o direito à alimentação a todos os estudantes atendidos nas escolas municipais, para a realização efetiva da merenda escolar, mesmo neste momento de suspensão de aulas presenciais. Os kits são adquiridos com recursos oriundos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), referentes à merenda escolar, que estão sendo revertidos em apoio emergencial às famílias dos estudantes.

Comentários

  1. Deus ajuda falto o óleo açúcar e café

    ResponderExcluir
  2. Quando vai sair da zona urbana
    As vez a diretora não da Quem tem duas crianca so recebe uma cesta disse .que ordem da secretaria a diretora marialva do urbe Odilo Costa filho altoda esperanca as mae sao humilhada

    ResponderExcluir

Postar um comentário